terça-feira, 1 de setembro de 2009

A Alemanha invade a Polônia. Começa a Segunda Guerra Mundial







Há 70 anos, iniciava-se na Europa a maior guerra de todos os tempos. A Segunda Guerra Mundial vitimou mais de 70 milhões de pessoas. Mobilizou mais de 100 milhões de soldados em todo o mundo. Envolveu países de todos os continentes. Transformou o mundo. Terminou com a estúpida explosão de duas bombas atômicas, chocando o homem diante da perspectiva da sua própria capacidade destruidora. A partir daí, o ser humano passou a conviver com a ameaça de que, caso queira, pode exterminar de vez com a vida no planeta Terra.

O líder alemão de origem austríaca Adolf Hitler, Führer do Terceiro Reich, pretendia criar uma "nova ordem" na Europa, baseada nos princípios nazistas que defendiam a superioridade germânica, na exclusão — e posteriormente eliminação física incluída — de algumas minorias étnicas e religiosas, como os judeus e os ciganos, bem como deficientes físicos e homossexuais; na supressão das liberdades e dos direitos individuais e na perseguição de ideologias liberais, socialistas e comunistas.Teve início em 1 de setembro de 1939 com a invasão da Polônia pela Alemanha e as subsequentes declarações de guerra da França e da Comunidade das Nações. Tanto a Itália quanto o Japão entraram na guerra pelo lado do Eixo para satisfazer os seus propósitos expansionistas. As demais potências opuseram-se a estes desejos do Eixo e juntamente com a União Soviética, após a invasão desta pela Alemanha, constituíram a base do grupo dos Aliados.Quando chegou ao fim, em 1917, a Primeira Guerra Mundial foi saudada como a guerra que poria "fim a todas as outras guerras". Na verdade, tornou-se o ponto de partida para o surgimento de várias ditaduras pelo mundo. A pior e mais influente delas surgiu na Alemanha, com o alemão de origem austríaca Adolf Hitler. Após a derrota na Primeira Guerra Mundial, a Alemanha viu-se humilhada e mergulhada numa das piores crises econômicas que já se teve notícia na história. A situação acabou sendo o berço para o nascimento de uma doutrina – o nazismo – racista e totalitária, que considerava a raça ariana e a origem germânica superior a todas as outras. Com esse pensamento, Hitler iniciou seus planos expansionistas: primeiro, conquistaria os territórios próximos à Alemanha para, depois, conquistar o mundo. Hitler primeiro anexa a Áustria. Depois, conquista a Tchecoslováquia. Com a invasão da Polônica, os planos totalitários de Hitler fiquem claros e inicia-se o conflito mundial. Ao lado de Hitler, unem-se o Japão e a Itália, formando-se o que ficou conhecido como "Eixo". Contra o "Eixo", unem-se os "Aliados": Inglaterra, União Soviética, Estados Unidos (a partir de 1940), e vários outros países, incluindo o Brasil. A guerra irá acontecer principalmente em três cenários: na Europa, na África e no Pacífico (num combate entre norte-americanos e japoneses, principalmente). Iniciada em 1939, a guerra só vai acabar em 1945. Na Europa, o início da derrota alemã começa a partir de 1943, quando as tropas aliadas começam a recuperar territórios tomados pelos nazistas. A grande retomada, porém, acontece a partir de 6 de junho de 1944, o chamado "Dia D", quando as tropas aliadas fazem um grande desembarque nas praias da Normandia, na França (a Operação Overlord). As tropas avançam e libertam a França, depois a Bélgica. No final de 1944, começam a penetrar na Alemanha. Em abril de 1945, o exército soviético invade Berlim. No dia 30 de abril de 1945, Hitler, vendo-se derrotado, suicida-se. No dia 7 de maio de 1945, a Alemanha rende-se. No Pacífico, no entanto, a guerra continuaria. E ela só vai terminar após um dos maiores genocídios da história da humanidade: a explosão de duas bombas atômicas nas cidades de Hiroshima e Nagasaki. No dia 6 de agosto de 1945, o bombardeio B-29 batizado de "Enola Gay" lançou sobre Hiroshima a bomba, batizada de "Little Boy". O poder de destruição daquela arma, até então desconhecida, deixou os japoneses atônitos. Pouco mais de uma semana depois, no dia 14 de agosto de 1945, o Japão rendeu-se, pondo fim à Segunda Guerra Mundial. Guerra Fria.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário